DESTAQUES: Internacional 2 x 1 Flamengo

PRIMEIRO TEMPO

Não demorou para o Inter mostrar que o momento das equipes era diferente. Bem diferente. O longo lançamento de Edenilson encontrou a cabeça de Pottker, as costas de Léo Duarte e morreu nas redes de Diego Alves com a canhota do atacante colorado. Do outro lado, o colombiano Marlos, que não marcava há 72 partidas antes do apito inicial em Porto Alegre, não teve uma, mas duas chances à feição. Não fez o gol.

O Internacional aproveitou todo o ambiente favorável em casa. Mas não teve noite tranquila. A melhor defesa teve sorte nas conclusões erradas do colombiano rubro-negro. Com Lincoln como novidade no comando do ataque e Vitinho na posição de Diego, o Flamengo avançou do jeito que podia. Mas os gaúchos administraram o empate até o intervalo.

SEGUNDO TEMPO

Ameaçado pelo Flamengo após o gol no início de Pottker, o Inter perdeu duas grandes chances, a primeira com Nico López, depois de lindo lançamento de Rodrigo Dourado. A segunda, com Patrick, em grande defesa de Diego Alves. Num contra-ataque, o Flamengo marcou com Vitinho.

O camisa 14, ex-Inter, pegou lindo chute de primeira. A bola quicou dentro do gol. E Vitinho, pressionado, comemorou emocionado de joelhos no gramado do Beira-Rio. Quem não comemorou muito foi a torcida rubro-negra. Dois minutos depois, Dourado subiu entre Léo Duarte e Rhodolfo e explodiu o Beira-Rio: 2 a 1.

No fim, com Willian Arão, Uribe e Matheus Savio o Flamengo foi para cima. Savio teve grande chance nos pés de Lomba, mas o goleiro colocado, formado na Gávea, brilhou e garantiu a vitória colorada.

RESUMO

Dois anos depois, o Internacional está de volta ao topo da tabela do Brasileiro. São exatos 780 dias entre a oitava rodada do Brasileiro 2016 até a vitória sobre o Flamengo (2 a 1) pela 23ª do Brasileiro deste ano. Sem brilhar, mas consistente, marca desta equipe de Odair Hellman, o Colorado marcou com Pottker e Rodrigo Dourado – o Rubro-Negro carioca, que caiu para a quarta colocação, descontou num bonito gol de Vitinho. No fim, Marcelo Lomba garantiu a vitória em defesa nos pés de Matheus Savio para completar a festa colorada.